Estação Orgânica

As Estações Orgânicas são entrepostos que facilitam a distribuição dos produtos da Rede Povos da Mata e convidam compradores a tornarem-se co-produtores através de um consumo consciente e participativo.

Atuamos dentro de princípios que buscam:

★ Encurtar a distância entre produtores e consumidores, estabelecendo relações éticas e solidárias.
★ Valorizar os serviços socioambientais gerados.
★ Compartilhar os benefícios gerados pelo processo de circulação de mercadorias entre os membros da Rede.
★ Cooperar e ter transparência e complementaridade entre os envolvidos no processo.
★ Viabilizar o acesso de toda a população aos produtos orgânicos, independente do nível de renda.

A construção de relações de mercado dessa natureza estimulou o desenvolvimento das Estações Orgânicas como uma Rede Solidária de Produção e Circulação de Produtos Orgânicos.

Para favorecer a criação de circuitos curtos para a distribuição dos nossos produtos, privilegiamos os produtos da época e os mercados locais.

O nosso Circuito de Circulação e Comercialização de Produtos Agroecológicos, além de levar em conta a proximidade geográfica entre o local onde cada alimento é produzido e onde ele é consumido, considera também a proximidade social entre o produtor e o consumidor, sempre buscando reduzir, tanto quanto possível, o número de intermediários dessa relação.

A distribuição da maior parte dos produtos da Rede se dá na dinâmica das cestas e das feiras orgânicas, acontecendo dentro de um contexto em que os consumidores se tornam coprodutores, uma vez que são atores ativos nesse processo e contribuem conscientemente com os agricultores que, por sua vez, garantem a segurança alimentar da origem dos seus produtos por meio da certificação participativa.

Atualmente, as Estações Orgânicas em funcionamento são:

– Estação Orgânica Itacaré – Serra Grande
– Estação Orgânica Grapiúna Itabuna – Ilhéus.